Entorse do tornozelo: por que acontece a toda hora?

Entenda os motivos das entorses recorrentes

Entorse de Tornozelo

A entorse do tornozelo, popularmente conhecida como “virar o pé”, é uma lesão muito comum no esporte. Porém, algumas pessoas apresentam o quadro repetidas vezes, mesmo fora das atividades físicas.

Neste Post, vamos entender a anatomia da articulação, quais são as possíveis lesões decorrentes da entorse e a causa das entorses recorrentes.

  • Anatomia

Complexo Ligamentar LateralA articulação do tornozelo é composta pelos ossos da perna (Tíbia e Fíbula) se articulando com o retropé (Talus e Calcâneo). A estabilização da articulação se dá, basicamente, pelo conjunto de ligamentos laterais (Fibulotalar anterior, Fibulotalar posterior e Fibulocalcaneo) e pelo ligamento Deltóide medialmente. Anterior e posteriormente, a estabilização do complexo conta com os ligamentos Tibiofibulares (Sindesmoses).

 

  • Mecanismo de lesão

Entorse de tornozeloA entorse se dá, na maioria dos casos, por um mecanismo conhecido por Supinação. A lesão mais comum relacionada com a supinação do tornozelo, é a ruptura dos ligamentos do complexo lateral.

Quando, além da supinação, ocorre a rotação lateral da perna em relação ao pé, normalmente a lesão é mais grave, com fratura da porção distal da fíbula e, dependendo da energia do trauma, fratura da fíbula e da tíbia.

  • Quadro clínico da entorse de tornozelo

Geralmente após a entorse do tornozelo, a articulação fica bastante inchada. A dor se concentra na face lateral (externa) do tornozelo e é comum o aparecimento de equimose (mancha roxa) na face lateral do pé.

  • Por que meu pé vira a toda hora?

A noção espacial do nosso corpo, só é possível devido a um mecanismo conhecido por propriocepção. Você já se perguntou como conseguimos tocar a ponta do nariz com o dedo? Mesmo de olhos fechados? Isso é possível devido à propriocepção.

No tornozelo, os receptores proprioceptivos encontram-se nos ligamentos laterais e mediais. Quando lesionamos estes ligamentos, é comum perder parcialmente a capacidade de reconhecer, involuntariamente, quando uma entorse vai acontecer. A boa notícia é que, com fisioterapia especializada, é possível restabelecer a capacidade proprioceptiva na articulação lesionada.

Gostou da informação? Então compartilhe!

Dr. Daniel RosaCréditos:

Dr. Daniel Rosa – Especialista em Joelho e Medicina do Esporte RJ

Site Dr. Daniel Rosa

DEIXE UMA RESPOSTA